3B empata com o Minas Icesp e não consegue subir para Série A do Brasileiro

O 3B Sports empatou em 1 a 1 com o Minas Icesp (DF), mas não chegou à final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino – Série A2 e perdeu o acesso a Série A. A partida aconteceu neste domingo (1º/07), na Arena da Amazônia, localizada no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus e contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

No jogo de ida, realizado no último domingo (24/06), no estádio Maria Abadia, em Ceilândia (DF), a equipe do 3B sofreu um revés de 2 a 1, portanto, para conseguir disputar o título e o acesso à galeria principal do brasileiro, a equipe precisava fazer dois gols de diferença. Parecia estar tudo certo e equilibrado. No primeiro tempo, pela lateral direita, a camisa 5 do time amazonense, Ester, cruzou e Luana e abriu o placar do jogo.

Já no segundo período, mais ofensivo e tentando fazer o segundo gol, o 3B foi administrando e, com o placar de 1 a 0, disputaria a vaga nos pênaltis. Porém, o árbitro Antônio Carlos Frutuoso deu mais 6 minutos de acréscimos e o Minas foi em busca da oportunidade de gol. Laissa, camisa 11, aos 47 minutos, disparou pela lateral direita e chutou forte, empatando a partida que garantiu as brasilienses a vaga na final da série A.

Segundo a meio campista do 3B, Natália, a equipe perdeu para si mesmo. “Não estou desmerecendo nossas adversárias, mas fomos superiores, jogamos melhor. Elas sentiram muito o jogo, nós que não soubemos ter o controle e segurar o placar no finalzinho. Estava nas nossas mãos. Perdemos para nós mesmas”, desabafou Nath.

Alegre com o resultado, o técnico do Minas disse que a equipe se superou. “Nossa equipe se superou e todos sabíamos que não seria uma partida fácil. Fizemos o esperado e conseguimos o acesso em cima de uma equipe excelente que é o 3B. Estamos felizes com a Vitória, afinal, somos uma equipe nova, com jogadoras da casa e esse resultado é fruto de muito trabalho”, comentou o técnico.

FOTO: MAURO NETO/SEJEL