5 dicas para curtir os jogos da seleção sem prejudicar a saúde

Excesso de alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas podem acabar com a festa antes do fim do segundo tempo

Os jogos da seleção proporcionam momentos de descontração e reunião entre amigos, familiares e colegas de trabalho. Alguns jogos do Brasil serão realizados durante a manhã e a tarde, por isso exagerar na alimentação pode prejudicar o desempenho ao longo do dia e até mesmo o retorno ao expediente. Por esses motivos, a Associação de Medicina de Família e Comunidade do Amazonas (AMFAC-AM) orienta para que nenhum imprevisto estrague a festa e, independentemente do placar, o torcedor retorne às suas atividades de rotina sem prejudicar a saúde.

“Momentos de lazer e diversão são prazerosos, principalmente quando envolve um esporte que é considerado paixão nacional. Porém, com alguns cuidados básicos, é possível prevenir problemas que possam prejudicar a saúde e afetar a rotina da pessoa e também o retorno ao trabalho, já que muitos jogos serão durante o horário de expediente”, explica Maraisa Frota, médica de família e comunidade, diretora da AMFAC-AM.

1. Evite alimentos gordurosos e processados – As frituras devem ser evitadas porque o calor altera a estrutura dos óleos, que se tornam nocivos. Alimentos ultraprocessados como salgadinhos, biscoitos, linguiças, salsichas, molhos prontos, massas, pães, devido ao processo de industrialização para durarem mais na prateleira, trazem danos à saúde. Devido à alta concentração de sódio e conservantes predispõem a doenças cardíacas, cânceres, aumento de peso, dentre outras. O churrasco desde que não consumido em excesso e sem tantos acompanhamentos, não há problema. O sal em excesso nos alimentos também é prejudicial por estar relacionado a casos de hipertensão.

2. Prefira petiscos saudáveis para a hora do jogo – Pipoca sem manteiga, frutas em geral podem ser consumidas. Além de alimentos preparados de forma mais natural possível, sem tanta industrialização, como patês de frango ou atum. Mas fica um alerta aos diabéticos: cuidado com o excesso de frutas porque a frutose também pode aumentar o açúcar no sangue.

3. Evite a ressaca – Alterne a ingestão do álcool com a de água. Por exemplo, ao ingerir duas ou três latinhas ou copos de cerveja, consuma dois copos de água. E depois que terminar a rodada de ingestão de álcool, beber bastante água. Apesar de aumentar a vontade de urinar, é uma das maneiras mais eficientes de se evitar a ressaca e manter o organismo hidratado. E lembre-se: ao beber, não dirija!

4. Tem hipertensão? Evite agitação durante a partida de futebol – As pessoas que sofrem de hipertensão ou de problemas cardíacos, mesmo tomando regularmente seus medicamentos, podem sofrer picos de hipertensão durante os jogos devido à emoção. Nossa pressão sobe tanto por problemas no sistema físico de regulação (para o qual se usa medicação), como devido ao sistema emocional que independe do outro sistema. Para evitar, o ideal é tentar não se envolver tanto com o decorrer dos jogos, fazer respiração profunda quando se sentir muito agitado, beber algum chá calmante, suco de maracujá e até deixar de assistir o jogo se perceber que ira afetar sua saúde.

5. Para evitar a rouquidão após os jogos, evite gritos muito altos e bebidas muito geladas. O esforço vocal, a competição sonora, a hidratação com elementos alcoólicos ou refrigerantes, geram a rouquidão. Para prevenir problemas com as cordas vocais, evite os gritos em excesso e o uso de bebidas muito gelada. Uma alternativa é fazer alguns exercícios vocais e gargarejos com água morna e limão.