Ação conjunta entre a Defensoria Pública e Susam possibilita cirurgia cardíaca em paciente grave

Uma atuação da Defensoria Pública Especializada na Promoção aos Direitos à Saúde, em conjunto com a Secretaria de Estado da Saúde (Susam), possibilitou uma cirurgia cardíaca de urgência para colocação de quatro pontes de safena no paciente Marcelo Alecrim de Oliveira, 35, que tinha 75% das veias do coração obstruídas.

O paciente estava internado no Pronto Socorro Municipal 28 de Agosto há dois meses à espera do procedimento e mesmo diante da gravidade do quadro, não havia previsão para que acontecesse. Quando a família recorreu à Defensoria Pública, o defensor responsável pela área, Arlindo Gonçalves, procurou a Susam e conseguiu a transferência do paciente para o Hospital Francisca Mendes, onde foi realizada ontem, dia 26, a cirurgia para desentupimento das veias.

De acordo com a esposa de Marcelo, Lauriene Silva Feitoza, 33, ele tem problemas genéticos no coração que se manifestou de forma grave. “Ele sentiu dores no peito, dormências e quando procuramos um médico no 28 de Agosto, foi atestado que ele estava com mais de 70% das veias entupidas por causa de infartos sofridos”, afirmou Lauriene. Marcelo é autônomo e trabalha com Uber.

Mas a necessidade de cirurgia urgente foi constatada no dia 26 de Maio, dia do aniversário de Marcelo, que permanecia internado, sem perspectivas. De acordo com a esposa dele, os exames mostraram que ele havia sofrido diversos infartos pequenos, que foram obstruindo as veias. Foi quando resolveram buscar ajuda no plantão da Defensoria Pública.

Para o defensor Arlindo Gonçalves, um dado importante a destacar é que por meio de contatos dele com a Susam foi possível conseguir a cirurgia, sem necessidade de recurso judicial, que poderia demorar e com isso, colocar em risco a vida de Marcelo. “Essa parceria é importante e deve acontecer sempre, principalmente em casos como esse, com risco grave ao paciente”, explicou o defensor.

FOTO: DIVULGAÇÃO/DPE-AM