Ageman cobra providências para desabastecimento de água na Colônia Terra Nova

A Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) deu um prazo de 10 dias para que a concessionária Manaus Ambiental apresente um plano de trabalho destinado à regularização do abastecimento de água no loteamento São Luiz, localizado no bairro Colônia Terra Nova, na zona Norte de Manaus.

A medida se deu depois que engenheiros da Ageman estiveram no loteamento e confirmaram a reclamação dos moradores. Segundo a equipe técnica, a pressão da água na localidade está baixa, ocasionando um fornecimento intermitente, prejudicando o abastecimento das caixas d´água das residências. Em ruas como a São Lucas e a São Marcos, os moradores só têm água em casa no período da noite.

Moradores relataram também à Ageman que os problemas de desabastecimento de água na localidade começaram em 2015 e que, apesar das intervenções de melhoria da concessionária, a falta d´água continua causando transtornos aos consumidores que vêm pagando as contas de água em dia.

Atualmente, o abastecimento de água na Colônia Terra Nova é feito por meio de sistema misto composto por poço e reservatório alimentado pela Estação de Tratamento de Água da Ponta do Ismael.

O diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho, destacou a necessidade da concessionária Manaus Ambiental em resolver de forma efetiva o problema de desabastecimento no loteamento. “Nós herdamos esse processo e, imediatamente, deslocamos um engenheiro até o bairro para acompanhar o problema, já notificamos a empresa para que apresente um cronograma de trabalho para solucionar esse problema de forma definitiva.”

A Ageman assumiu a regulação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da cidade de Manaus em março deste ano, com a instalação da Ouvidoria que funciona de segunda à sexta-feira no Shopping Phelippe Daou, no bairro Jorge Teixeira, em frente ao Terminal 4 e também pelo atendimento no 0800-092-3511.