Ajudante de caminhoneiro é preso pela autoria do homicídio do próprio cunhado em Manaus

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Jeff David Mac Donald, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), falou na tarde desta segunda-feira (9/7), durante coletiva de imprensa realizada às 14h30, no prédio da especializada, sobre a prisão, em flagrante, do ajudante de caminhoneiro Arleson Rocha da Silva, 29, conhecido como “Coroca”, pelo homicídio do próprio cunhado, Marcos Adriano Santana Marques. A vítima tinha 24 anos.

De acordo com a autoridade policial, o crime aconteceu na noite da última sexta-feira (6/7), na rua Senador João Bosco, bairro Tancredo Neves, zona leste da capital. Na ocasião, uma adolescente de 14 anos, irmã de Marcos e da companheira de Arleson, teria emprestado um liquidificador ao cunhado. Conforme Mac Donald, ao tomar conhecimento de que a irmã havia emprestado o eletrodoméstico, Marcos ficou indignado e começou a agredir a adolescente.

“Mesmo sendo repreendido pela mãe, Marcos continuou a agredir fisicamente a irmã. No entanto, ao tomar conhecido do fato, Arleson ameaçou Marcos de morte. Momentos depois, Arleson, acompanhado de um colega, identificado com Jackson, iniciou uma discussão com Marcos. Então o jovem, portando uma faca, desferiu dois golpes em Arleson utilizando a arma branca”, explicou o delegado.

O titular da DEHS relatou que, durante a briga, Marcos correu para a rua, mas acabou sendo alcançado por Jackson, que o imobilizou aplicando um golpe de estrangulamento conhecimento como “Mata-Leão”. “Marcos ainda pediu ajuda da mãe. Nesse momento, Arleson tomou o objeto da mão do cunhado e desferiu mais de 10 golpes de faca no jovem. Marcos e Arleson foram encaminhados ao Hospital e Pronto-Socorro Doutor Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, na zona leste, onde Marcos veio óbito horas depois”, disse.

Mac Donald enfatizou que a equipe da especializada obteve a informação de que Arleson havia sido machucado durante a ocorrência e logo conseguiu identificar que ele estava recebendo atendimento médico na unidade hospitalar supracitada. As buscas pelo infrator contaram com o apoio de policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que realizaram a custódia do homem na unidade hospitalar.

“O infrator foi preso, em flagrante, na manhã do último sábado (7/7), por volta das 9h, pela nossa equipe, durante atendimento médico no Hospital e Pronto-Socorro Doutor Aristóteles Platão Bezerra de Araújo. Já na manhã desta segunda-feira (9/7) ele recebeu alta médica. Vale ressaltar que ainda estamos trabalhando na identificação completa de Jackson, por conta da participação dele no delito”, declarou Mac Donald.

Arleson Rocha foi autuado em flagrante por homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis na especializada, ele será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

FOTO: Erlon Rodrigues / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.