Alckmin declara estar contente com aliança do PTB

As convenções partidárias começam nesta sexta-feira (20), mas o PSDB já anunciou aliança com o PTB. Com essa parceria, o apoio tira de jogo uma das legendas que poderiam inflar o tempo de propaganda eleitoral de outros políticos.

Em coletiva durante o Fórum da Mobilidade, em Brasília, o tucano declarou estar “muito otimista e contente” com a aliança e acredita em possíveis parcerias com legendas do chamado “Centrão”, do que fazem partidos como DEM, PP e PR.

“A direção nacional do PTB se reuniu, aprovou por unanimidade e a convenção ocorrerá dia 28. Então é a primeiro partido no país que já celebra, praticamente, pré-oficialmente a indicação para a coligação. Em relação ao blocão, o que depender de mim estaremos juntos, acho que temos uma visão das necessidades do país.”

Durante fórum realizado pela ANPTrilhos, Alckmin defendeu reformas fundamentais, como a previdenciária, a tributária e a do Estado. O pré-candidato ainda citou o que pode ser feito para resolver a baixa estrutura de mobilidade e integração de modais no país.

“O desafio é investimento, uma boa política fiscal, nós vamos recuperar a capacidade de investimento do governo federal e de outro lado trazer investimento privado. O Brasil tendo bons projetos, segurança jurídica, marco regulatório, agencias de estados despartidarizadas, nós vamos trazer bastante investimento e com isso poder ampliar a rede metroferroviária nas regiões metropolitanas do Brasil.”

O tucano se comprometeu a agir rápido para resolver a crise fiscal, contornando a situação para gerar confiança e atrair recursos para o Brasil.
Para a mobilidade, segundo o ex-governador de São Paulo, a ideia é aproveitar as faixas já desapropriadas de linhas existentes para ampliar a linha de cargas e criar linhas para passageiros.

Reportagem, Juliana Gonçalves

#Eleições2018