Amazonas alcança meta de imunização contra o sarampo, mas polio preocupa

O Amazonas alcançou, nesta quinta-feira (13/09), a meta de cobertura vacinal contra o sarampo. Em todo o Estado, foram imunizadas 305,3 mil crianças, o equivalente a 95,14% da meta. Em relação à poliomielite, o Estado está perto de atingir a meta, com 91,14% do público-alvo vacinado, aproximadamente 292,5 mil crianças menores de cinco anos.

O secretário estadual de Saúde, Orestes Guimarães de Melo Filho, fez um apelo para os municípios intensificarem as ações de imunização nesta sexta-feira (14/09), último dia da Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo e Poliomielite. “É uma questão de saúde pública. A vacinação é a principal estratégia de prevenção a essas doenças”, afirmou.

A Campanha Nacional de Vacinação foi prorrogada até esta sexta-feira (14/09) para os municípios de todo o Brasil que ainda não haviam alcançado a meta. De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PNI), Izabel Nascimento, no quadro geral, o Estado já alcançou a meta para o sarampo e está bem próximo da pólio, mas alguns municípios ainda não atingiram a cobertura necessária.

“Temos 28 municípios que alcançaram e até ultrapassaram os 95%, como é o caso de Uarini, que bateu 136,4% para o sarampo e 131% para a pólio. Na outra ponta, temos cinco municípios abaixo de 50% contra o sarampo – Santa Isabel do Rio Negro, Anori, Japurá, Tapauá e Canutama – e seis abaixo de 50% contra a poliomielite – Santa Isabel do Rio Negro, Japurá, Canutama, Tapauá, Anori e Maués”, disse a coordenadora.

Segundo Izabel, mesmo após a campanha, a vacina continuará disponível nos postos dos municípios que não alcançaram a meta. Ela ressaltou a importância dos pais garantirem a imunização das crianças.

“O sarampo, que já era considerado erradicado, voltou porque as pessoas não estavam vacinadas e agora estamos enfrentando um surto. Da mesma forma, a poliomielite pode voltar, uma vez que ela não está erradicada em vários países. Então, pai e mãe, não deixem de vacinar seus filhos. Tem vacina o ano inteiro nos postos de saúde, gratuitamente, e não há justificativa para não vacinar as crianças”, disse a coordenadora.

Boletim epidemiológico – O último Boletim Epidemiológico do Surto de Sarampo no Amazonas, divulgado terça-feira (11/09) pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), apontou que o Estado tem 1.326 casos confirmados, em 14 municípios, e 9.653 notificações, envolvendo 46 municípios.