Amazonas participa da maior Feira de Pesca Esportiva da América Latina

A Amazônia constitui-se numa das últimas reservas mundiais de recursos naturais e florestais e um dos ecossistemas mais ricos e preservados do planeta, especialmente por sua biodiversidade. Milhares de espécies de peixes habitam os rios da Amazônia. Com toda sua exuberante biodiversidade , a Bacia Amazônica é rota obrigatória para os amantes da pesca esportiva. É um lugar único, onde se pode encontrar rios e lagos limpos e preservados, em meio à sua incontestável beleza selvagem. Pesca Esportiva. Amazônia (AM). Foto: Roald Andretta / Loba do Mar / Embratur *** Local Caption *** PT: Autorizado o uso exclusivo para divulgação do produto turístico brasileiro. EN: Exclusively authorized for promoting the brazilian tourist product. REVISTO**

A maior feira de equipamentos e turismo de pesca da América Latina entra na sua 12ª edição, a Pesca Trade Show, que acontece de 22 a 25 de agosto no Anhembi, em São Paulo, e este ano terá o Amazonas como destino anfitrião no evento.

A Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) será a responsável por promover o Estado na feira como destino turístico e apresentar o potencial do segmento de pesca esportiva que anualmente atrai mais de mais de 10 mil turistas ao Amazonas e que movimenta aproximadamente R$ 50 milhões. O stand será um dos que terão destaque no evento. “Com a abertura da Temporada de Pesca Esportiva, que tem início neste segundo semestre, a demanda de turistas que procuram o Amazonas para a prática dessa atividade, que tem baixo impacto ambiental, aumenta muito. Por isso, vamos aproveitar a feira para intensificar a promoção do nosso destino para os amantes e aficionados pela pesca”, declarou o presidente da Amazonastur Nickolas Cabral.

O evento – A 12ª Pesca Trade Show reunirá mais de 100 expositores, que representam mais de mil marcas mundiais do segmento. Simultaneamente acontece o Mariner Boat Show, que apresenta produtos a um público altamente qualificado que busca embarcações apropriadas tanto para pesca como para lazer.

Oportunidades – A pesca esportiva movimenta a economia que gera emprego e renda para os diversos moradores das cidades ribeirinhas que trabalham como guias, barqueiros entre outras atividades associadas. Além de Barcelos, os municípios de Presidente Figueiredo, Careiro da Várzea e Rio Preto da Eva são alguns dos principais destinos propícios para a prática. “Além da pesca esportiva vamos apresentar todos os potenciais turísticos do Amazonas, além da gastronomia, cultura, artesanato, e outros produtos turísticos que o nosso Estado possuí”, declarou o presidente da Amazonastur.

A ação do Amazonas será feita de forma integrada com a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), juntamente das empresas amazonenses especializadas do ramo.

FOTO: DIVULGAÇÃO/AMAZONASTUR