Americana destrói patrimônio histórico de Itacoatiara

O Historiador Frank Chaves Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) mostrando-se denunciou a derrubada de antigas residências do português Oscar Ramos, localizada em frente à Loja Novo Mundo, está sendo demolida por empresários inescrupulosos que não respeitam o patrimônio histórico de Itacoatiara. Tem-se notícia de que se trata do grupo de Lojas Americanas, que comprou o terreno pertencente a herdeiros da família Auzier. Trata-se de uma casa geminada construída no século XIX, que apresenta estilo eclético, característicos da arquitetura europeia.

Arrasado com a queda do imóvel Frank Chaves disse que a Lei Orgânica do Município de Itacoatiara, prevê a proteção do patrimônio histórico, arquitetônico e paisagístico do município. Todavia falta uma ação mais efetiva no que tange as políticas publicas de preservação patrimonial, pois o município ainda não possui Lei Municipal de Tombamento de seus bens da cultura material e imaterial, e isso tem facilitado a ação da especulação imobiliária e da perda constante das edificações históricas da cidade.

Lembra o Historiador que em 2012, o IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, fez o inventário detalhado do patrimônio edificado de Itacoatiara. Na oportunidade foram formados 50 agentes patrimoniais, que foram as ruas da cidade identificar, fotografar e registrar todos os bens de interesse para fins de tombamento. Todavia, faltou por parte do poder público da época, tanto do legislativo, quanto do executivo a atitude de criar a Lei de Tombamento de Itacoatiara, e incluir as 70 edificações inventariadas pelo IPHAN.

Por conta disso, a cada ano, os prédios históricos da cidade vão sendo demolidos e descaracterizados, sem nenhuma punição aos seus destruidores, que não respeitam a cultura, a história e a memória da Velha Serpa. E assim Itacoatiara vai a cada dia tristemente se consolidando como a cidade do já teve! Concluiu Frank Chaves.