Após ano de grande cheia, Defesa Civil se prepara para ações em 2015

A coordenação de Defesa Civil de Parintins fechou 2014 comemorando o sucesso das ações durante o ano de 2014 e já estabelece metas para o ano de 2015. O município de Parintins enfrentou uma das maiores enchentes, a ação da administração do prefeito Alexandre por meio da Comdec e de outras secretarias atendeu mais de 15 mil pessoas diretamente atingidas. Foram mais de cinco quilômetros de pontes e passarelas em locais alagados para melhorar o tráfego das famílias afetadas.

Além de auxílio à acessibilidade, a coordenação também conseguiu angariar mais de 2 mil cestas básicas por meio da festa dos visitantes em junho de 2014 e durante o Jogo de futebol entre Garantido e Caprichoso.

De acordo com o ex coordenador da Defesa Civil, Suammy Patrocinio, um dos maiores serviço ofertados a população na administração do prefeito Alexandre da Carbrás foi a elevação da Avenida Paraíba, a qual ele considera uma das maiores ações realizadas em 2014 em todo o Amazonas. “Nós realizamos a elevação de mais de 800 metros de avenida com o intuito de solucionar um problema de décadas de Parintins, uma vez que em todas as grandes cheias a Avenida Paraíba alagava e o tráfego das pessoas era bloqueado. Era uma situação de caos que está solucionada, pois temos o objetivo de concluir os serviços no próximo ano”.

Suammy recorda ainda do cheque solidário no valor de 300 reais que beneficiou cerca de 2.450 famílias afetadas com a enchente. Ele afirma que esse convênio soma a outras ações que marcaram o ano de 2014, assim como os cadastramentos de famílias e inúmeras visitas as comunidades que sempre são atingidas com a cheia. “Nós conseguimos realizar as ações com sucesso e com a situação que a cidade ficou com a enchente deste ano conseguimos tirar boas lições para nos prepararmos para 2015 e fazer ainda melhor as nossas ações, por isso estamos trabalhando desde novembro” disse.

As equipes de Defesa Civil já atuam em forma de prevenção a possível grande cheia de 2015. O ponto de partida é a construção de pontes. Segundo Suammy, haverá de novo doação de madeira por meio do IBAMA.

Suammy informa que serão adotados os mesmos métodos na construção das pontes denominadas pré-moldadas que se mostraram eficazes em 2014. Ele explica que na elaboração das pontes pré-moldadas os trabalhadores não ficam expostos à águas contaminadas e ao sol. Antes as pontes eram construídas no local alagado e os colaboradores eram sujeitos a inúmeros riscos de saúde.

Para 2015 a coordenação de Defesa Civil permanecerá se necessário, com a arrecadação de alimentos na Festa dos Visitantes e no jogo de futebol entre os bumbás que ocorrerá no estádio.