Assembleia encaminha ao governo indicação do “Vale Futebol”

Num momento de estádios vazios no Amazonas, a Assembleia Legislativa dá um novo ânimo aos torcedores. Na última terça-feira, 24 de março, a Mesa Diretora da Casa deferiu a indicação da deputada Alessandra Campêlo (PCdoB) para que o Governo do Estado institua o programa “Vale Futebol”.

O “Vale Futebol” é inspirado no extinto “Vale Lazer”, criado pelo Governo nos anos 90. O funcionamento era simples: o cidadão exigia nota fiscal e trocava por ingressos para ir aos eventos esportivos e culturais. O projeto lotou os estádios e deu condições para o futebol amazonense crescer, resultando na ascensão do São Raimundo à Série B do Campeonato Brasileiro em 1999.

“O objetivo do Vale Futebol é resgatar a paixão do torcedor pelos clubes amazonenses e levar de volta as famílias aos estádios. Ao mesmo tempo, ajuda o Governo a melhorar a arrecadação, pois combate a sonegação de impostos”, explica a parlamentar.

ESTUDOS TÉCNICOS
Com a indicação da Assembleia, a expectativa é que Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) realize estudos técnicos para viabilização do programa. Segundo a deputada Alessandra Campêlo, incentivar o cidadão a exigir notas fiscais e combater a sonegação de impostos é bom para a saúde financeira do Estado, que no momento sofre com a queda de arrecadação, e também para o desenvolvimento do futebol amazonense.

A indicação do “Vale Futebol” ao Governo também foi assinada pelo deputado estadual Orlando Cidade (PTN).

Vantagens do “Vale Futebol”:
Incentiva a arrecadação de ICMS, pois tem o papel de educar o cidadão a exigir a nota fiscal;
Beneficia o futebol profissional masculino e feminino;
Justifica o investimento do Governo na nova infraestrutura do futebol – Arena da Amazônia, Colina, Carlos Zamith, Gilbertão e Floro de Mendonça;
Gera emprego e renda nos estádios, pois um público maior nos jogos do Estadual aumenta a oferta de serviços.

Compartilhe