Atletas do Nacional de Manaus entram em greve por atrasos salariais

Jogadores, comissão técnica e funcionários do Nacional divulgaram nota de esclarecimento a atual situação dentro do clube de futebol, um dia após paralisarem as atividades. De acordo com o documentos, nesta quinta-feira (31), chegam a três meses os salários atrasados e ainda existem dívidas sobre direitos de imagem.

A nota diz ainda que o grupo está cansado das promessas não cumpridas do presidente Roberto Peggy e que os jogadores da temporada passada, que saíram sem receber, também não receberam os pagamentos dos acordos e os salários atuais.

A diretoria do clube faz coletiva de imprensa nesta tarde às 16h no Centro de Treinamento Barbosa Filho para da esplicações sobre a crise.

O Nacional está classificado para a segunda fase da Série D, depois de empatar em 1 a 1 com o São Raimundo-RR, em Boa Vista, no último domingo (27) e ficar com o primeiro lugar do grupo A3 (com 10 pontos). O próximo compromisso é contra o Altos-PI, no domingo que vem, dia 2, fora de casa. A volta está programada para o dia 10, no estádio da Colina.