Boi Garantido reforça permanência de Israel Paulain e diz que o apresentador foi prejudicado pelos jurados

A informação divulgada pela coluna Redemoinho do Portal Amazonas Notícias na noite desta quarta-feira (11/07), dando conta de que a diretoria do Boi Bumbá Garantido já estuda a substituição do atual apresentador Israel Paulain, caiu como uma bomba nos domínios vermelhos. O texto diz o seguinte:

“A coluna Redemoinho recebeu a informação de que a diretoria do Boi Garantido, em Parintins, está analisando a substituição do atual apresentador Israel Paulain, depois do acachapante resultado de três a zero, no último Festival Folclórico. Com a cabeça um pouco mais “fria”, dirigentes do vermelho tentam decifrar o motivo da derrota, quase humilhante, para o Bicampeão Caprichoso. O fraco desempenho de Israel, que segundo nossa fonte, estaria repetitivo, perdendo o carisma e confuso, teriam deixado a diretoria preocupada com o possível tri campeonato do azul. Será que muda?”

Como o assunto gerou grande repercussão, a diretoria do boi da Baixa do São José distribuiu, ainda durante a noite desta quarta-feira (11), uma nota descartando a mudança e levantando suspeitas sobre a lisura dos jurados que tiveram a responsabilidade dar as notas do bloco “A” Comum Musical.

Leia a versão vermelha e branca na íntegra:

Nota à Nação Vermelha e Branca

A Diretoria do Boi Garantido vem respeitosamente declarar à Nação Vermelha e Branca que não existe qualquer possibilidade de troca do seu item 01, Israel Paulain. O nosso atual apresentador conta com total apoio de todos os setores do Boi Campeão do Centenário.

No bloco “A” Comum Musical, em 2018, ficou cristalino a intenção de prejudicar os itens deste bloco, aplicando sistematicamente as notas 9.8 e 9.7, respectivamente.

O Garantido fará em breve uma avaliação do Festival 2018, mas rechaça de antemão qualquer possibilidade de saída de Israel Paulain, o melhor apresentador do Festival de Parintins. Qualquer suposição divulgada nesse sentido, em forma de notícia ou comentário, é tão somente uma fakenews.

Atenciosamente,

Fábio Cardoso
Presidente do Boi Garantido