Brasil busca vitória contra a Sérvia para evitar eliminação precoce

Chegou o momento de os torcedores brasileiros soltarem a voz. É na tarde desta quarta-feira que vamos descobrir se poderemos seguir sonhando com o hexa ou se voltamos para casa mais cedo. O nosso Brasilzão entra em campo pela última e decisiva rodada da fase de grupos e a briga por um lugar nas oitavas não deve ser fácil.

A seleção canarinho vai encarar a Sérvia, no estádio de Moscou. O Brasil é líder do grupo E com quatro pontos, mas a situação não é das mais confortáveis. Isso porque os sérvios têm apenas um ponto a menos e precisam da vitória a qualquer custo para se classificar. Já o Brasil depende somente do próprio desempenho para carimbar a classificação.Tite passa as últimas orientações antes do último jogo do Brasil na fase de gruposEm caso de um empate, o Brasil avança, mas a posição final no grupo pode variar de acordo com o resultado da Suíça, que fará a última partida simultaneamente contra a Costa Rica. Os dois times tem campanhas idênticas, mas o Brasil está liderança provisória por conta do saldo de gols, já que o time brasileiro marcou três e sofreu um, enquanto os suíços fizeram três e sofreram dois. Os suíços assumem o primeiro lugar da chave caso superem essa diferença.

Em caso de derrota, o Brasil corre o sério risco de ser eliminado, já que precisaria torcer por uma vitória da Costa Rica, lanterna do grupo com duas derrotas em dois jogos. Além de traumático para os torcedores, uma possível eliminação precoce quebraria um tabu que já dura 52 anos. A última vez que a nossa seleção caiu na primeira fase foi em 1966, ou seja, o retrospecto é favorável ao Brasil.

O time escalado por Tite para o confronto contra a Sérvia não deve ter mudanças em relação ao último jogo. Os titulares devem ser Alisson no gol, com Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo no setor defensivo. Casemiro, Paulinho e Phillipe Coutinho, destaque do Brasil até agora com dois gols, formam o meio-campo. Na frente, Willian, Neymar e Gabriel Jesus carregam a responsabilidade de marcar gols.

Para esta perdida, a preocupação gira em torno dos dois principais jogadores do elenco. Neymar, camisa 10, e Coutinho, artilheiro da equipe na Copa, estão pendurados por conta dos cartões amarelos que tomaram no último jogo. Se forem advertidos novamente, ficarão de fora das oitavas de final, já que os cartões só são zerados após as quartas de final.
A bola rola para Brasil e Sérvia a partir das três da tarde, horário de Brasília.

Reportagem, Raphael Costa

#Copa2018