Brasileiro gasta 14% do salário em cerveja, aponta pesquisa

Se eu quiser beber, eu bebo. Pago tudo que eu consumo com o suor do meu emprego. A plataforma de descontos Cuponation divulgou uma pesquisa onde comparou o consumo de cerveja per capita com o salário mínimo em 58 países. Você arrisca um palpite sobre a colocação do Brasil nesse ranking?

Os brasileiros ocupam a colocação de número 27 e consomem, em média, seis litros de cerveja por mês. E isso surpreendeu a CEO da Global Savings Group, Maria Fernanda Junqueira, que opera o site Cuponation.

“A gente esperava que o Brasil ficasse mais para cima em relação ao consumo de cerveja. Esse dado foi bastante surpreendente, sim. Ficar em vigésimo sétimo numa pesquisa de 58 países é realmente um número bem avançado. A gente esperou que o Brasil fosse ficar pelo menos entre os 20, 15 primeiros”.

Segundo o levantamento, os gastos dos brasileiros correspondem a 14% do salário mínimo, se levarmos em conta o consumo em um bar considerado caro na cidade de São Paulo, ou 11% em bares do mesmo patamar no Rio de Janeiro.

O estudo levou em conta os preços de um beer pint, que equivale a 500 ml, em dólares, estimados pelo Deutsche Bank este ano. O músico Jorge Farias parece não se incomodar com o preço e mantém a cerveja em sua rotina.

“Nada melhor que uma “cerva” gelada para esquentar para o final de semana, trocar aquela ideia com os amigos. Costumo começar na sexta-feira a partir das 19h, depois do trabalho, e daí eu só paro no domingo depois do Fantástico”.

Já a funcionária pública Nathasha Corrêa possui dúvidas sobre o consumo de cerveja. Para ela, as pessoas deveriam diminuir a ingestão da bebida em seu cotidiano.

“Cerveja eu não se faz tão bem para o ser humano. Eu acho que as pessoas bebem muito e, talvez, se as pessoas bebessem um pouco menos, evitariam mais os desgastes na vida, em casa, acidentes de carro com quem dirige e bebe, então na verdade eu acho que as pessoas deveriam dar uma diminuída”.

Em São Paulo, um consumidor paga aproximadamente R$ 14 por meio litro de cerveja e cerca de R$ 12 no Rio de Janeiro. Os valores correspondem a cervejas em bares de alto padrão. Por isso, vale ressaltar que o estudo não considera aquele velho e bom “litrão” ou as ampolas de 600 ml, que provavelmente você consome.

De acordo com o estudo, os tchecos consomem 12 litros de cerveja por mês e lideram o ranking dos que mais bebem aquela gelada. Dubai, nos Emirados Árabes, é a cidade pesquisada com o beer pint mais caro. Segundo o estudo, 500 ml de cerveja custa R$ 46 na região.

E você? Gosta de tomar aquela cervejinha depois do futebol? Curte aquele happy hour com os colegas depois do trabalho? A verdade é que tomar uma cerveja bem gelada sempre tem o seu valor. A saideira é por minha conta.

Veja material completo clicando aqui

Reportagem, Paulo Henrique Gomes