Colombiano é preso ao tentar embarcar na rodoviária de Manaus com cocaína líquida

Manaus – Um Colombiano, que também possui cidadania brasileira, foi apresentado à imprensa nesta quinta-feira (19), após ser preso com um quilo e meio de cocaína líquida e petrificada. Ciceron Polânia Barboza, de 53 anos, foi preso na tarde de quarta-feira, por volta das 15h.

De acordo com o delegado Paulo Mavignier do Departamento de Narcóticos do Amazonas (Denarc), o suspeito tentou embarcar em um ônibus no Terminal Rodoviário de Manaus, na avenida Djalma Batista, zona Centro-Sul, com destino a Boa Vista. O que chamou a atenção dos policiais é a forma da cocaína utilizada para o transporte sem chamar a atenção.

“Não é comum vermos a cocaína na forma líquida, mas é um procedimento fácil e que chama menos a atenção. Essa forma tem sido utilizada pelos traficantes para o transporte. A perícia já fez o exame e confirmou se tratar de cocaína na forma líquida”, disse o delegado em entrevista coletiva.

Ciceron receberia R$ 2 mil pelo transporte

A ação faz parte da Operação Banheiro, realizada por policiais da Secretaria de Inteligência e do Denarc. O homem não possui passagem pela polícia e disse que ganharia R$ 2 mil assim que chegasse em Boa Vista pelo transporte do produto. Está seria a primeira vez que ele levaria drogas ao Estado vizinho.

O colombiano vai responder pelo crime de tráfico de drogas e será encaminhado à audiência de custódia.

Compartilhe