Crianças de Parque Residencial do Prosamim realizam desfile cívico para comemorar o ‘Dia da Amazônia’

Na tarde desta terça-feira (4), crianças do Coral Prosamirim realizaram um desfile cívico para celebrar o “Dia da Amazônia”, que é comemorado no dia 5 de setembro. O evento, que contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus (SRMM) e Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), foi realizado no Parque Residencial da Liberdade, zona Sul, que faz parte do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

Para a subcoordenadora Setorial de Projetos Sociais da SRMM, Viviane Alves, a atividade visa fortalecer bons valores para as crianças. “As atividades socioambientais sempre procuram mostrar a importância dessas datas comemorativas, como a importância do valor da Amazônia. Um dos objetivos do Prosamim é justamente fortalecer a noção do cidadão consciente de semear bons valores”, afirmou Viviane.

O coral Prosamirim existe há três anos e conta com 22 participantes entre 7 e 15 anos de idade. “Nossas atividades sempre são muito lúdicas, mas dessa vez revolvemos despertar o patriotismo nas crianças e também reafirmar a importância de preservarmos a nossa Amazônia. Por isso, pensamos no desfile cívico. Todos estão bem felizes em participar desse momento”, comentou Samara Holanda, coordenadora da base do Parque Liberdade.

Incentivo – O desfile, acompanhado por pais e moradores do local, foi realizado nas ruas do Parque. “Eu gostei bastante porque isso incentiva as crianças a entenderem a importância do Dia 5 de Setembro, que hoje é pouco lembrando. Dessa forma, elas terão mais cuidado com o meio ambiente”, disse Andrea Pereira, 26, mãe de uma das crianças do coral.

Após o desfile, as crianças se posicionaram na rotatória do parque e cantaram o Hino Nacional. “Achei legal marchar aqui no Parque e principalmente porque foi um desfile pelo Dia da Amazônia. Não podemos jogar lixo na rua, precisamos cuidar mais da natureza”, Débora Duarte, 11 anos.

FOTO: TIAGO CORRÊA/SRMM