Defensoria divulga edital de convocação para reaplicação da prova objetiva para concurso de defensor público do Amazonas

Mais de 3 mil candidatos estão inscritos no concurso. Prova objetiva terá 100 questões

O Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) anunciou, em edital publicado no site da instituição desta quarta-feira, 13, a convocação dos mais de 3 mil inscritos no concurso de defensor público para prova objetiva, que vai acontecer no próximo dia 24 deste mês de junho, em Manaus, a partir das 9hs, com horário de apresentação dos candidatos às 8h30, horário local.

A prova objetiva terá duração de 5 horas e um total de 100 questões. Os candidatos deverão permanecer pelo menos 3 (três) horas do início das provas no local, pois não será permitida a saída, sob pena de eliminação do certame.

Os candidatos serão informados quanto ao local de prova e horário por meio do Cartão Informativo, que será enviado por e-mail, e disponibilizado no site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br).

O candidato que não receber o Cartão Informativo até o 3º (terceiro) dia que antecede a aplicação das provas ou que tiver dúvidas quanto ao local, data e horário de realização das provas, deverá entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Candidato – SAC da Fundação Carlos Chagas, pelo telefone (0XX11) 3723-4388. A consulta pode ser feita de segunda à sexta-feira, das 10hs às 16hs (horário local) ou pode consultar o site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br), para verificar o local de realização de sua prova.

Só será permitida a realização das provas na respectiva data, local e horário constantes no edital, no site da Fundação Carlos Chagas e no Cartão Informativo e para garantir a lisura e a idoneidade do concurso público e, em especial, dos próprios candidatos – bem como sua autenticidade, será conferida a identificação dos candidatos mediante a apresentação de documento de identidade e a cópia manuscrita de frase que consta das instruções da capa do caderno de questões, para posterior exame grafotécnico.

Por medida de segurança, poderão ser utilizados, a qualquer momento, detectores de metais nas salas de prova aleatoriamente selecionadas e em qualquer dependência do local de prova.

O resultado da prova objetiva será publicado no dia 24 de julho e, se houver recursos, nos dias 25 e 26 de julho, contestando alguma questão, uma nova publicação acontecerá em 2 de agosto, quando acontecerá a convocação para as provas escritas dissertativas.

Dias 11 e 12 de agosto serão aplicadas as provas escritas dissertativas. O resultado dessa etapa será conhecido dia 11 de setembro. Nos dias 12 e 13 de setembro acontecem as vistas das provas escritas.

Dia 11 de outubro sairá o resultado das provas escritas dissertativas, após recursos, além de convocação para entrevista e prova oral e apresentação dos títulos.