Defesa Civil do Amazonas vai monitorar clima, hidrologia e orientar turistas sobre riscos durante o Festival de Parintins

A Defesa Civil do Amazonas vai emitir diariamente, durante o Festival Folclórico de Parintins, boletins hidroclimáticos e orientar turistas quanto a procedimentos que podem evitar desastres no município (a 369 quilômetros de Manaus). A ação inicia no dia 29 de junho, no porto e aeroporto da cidade, com a presença do mascote “Chico Prevenido”.

“Nossos boletins serão diários e vão informar, ao Centro Integrado de Comando e Controle do Estado, a ocorrência de possíveis eventos hidroclimáticos extremos, que possam comprometer o espetáculo. Em outra frente de trabalho, vamos orientar os visitantes quanto aos procedimentos em áreas de desbarrancamento, durante vendavais e alagações, entre outras situações”, ressaltou o secretário do órgão, Fernando Pires Junior.

Com o apoio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), a Defesa Civil vai distribuir material gráfico, como “ventarolas”, com todas as informações necessárias aos turistas, para uma estadia com segurança na ilha.

Monitoramento- O Centro de Monitoramento e Alerta (Cemoa), da Defesa Civil do Amazonas, será instalado em Parintins uma semana antes da festa e vai basear os boletins nos dados coletados do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), Marinha do Brasil, Agência Nacional de Águas (ANA) e Serviço Geológico do Brasil/CPRM.

Plano de Operações- O Plano de Operações da Defesa Civil do Município indica que existem oito bairros vulneráveis a inundações em Parintins e quatro áreas de risco, oriundas do fenômeno de “terras caídas”, que vão receber placas de orientação aos turistas e, se necessário, isolamento. A equipe do município, junto com técnicos da Defesa Civil do Estado, vão atuar tanto na prevenção quando no plano de resposta ao desastre, caso ocorra.