Defesa Civil orienta turistas sobre medidas preventivas durante possíveis desastres em Parintins

Agentes da Defesa Civil do Amazonas e voluntários iniciaram nesta quinta-feira (28/06), no porto fluvial e aeroporto de Parintins, município localizado a 369 quilômetros de Manaus, uma ação preventiva de orientação aos turistas sobre procedimentos que devem ser adotados na ocorrência de um possível desastre ou situações de emergências durante a estadia na ilha Tupinambarana.

“As nossas equipes atuam em duas frentes de trabalho: prevenção e resposta ao desastre. Estamos incutindo na população que está na cidade a percepção do risco, no intuito de preservar a integridade física dos participantes do Festival e proporcionando a sensação de segurança durante o evento”, afirmou o secretário Executivo da Defesa Civil AM, coronel do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) Fernando Pires Júnior.

Sessenta técnicos e voluntários da Defesa Civil do Estado e Município participaram da ação de orientação aos visitantes e reforçaram as medidas de segurança com a população que reside na cidade.

Entre os alertas, os agentes destacaram os riscos em áreas de desbarrancamento. Também foram orientados sobre condutas vedadas em balneários, descarte correto do lixo, vendavais e sobre doenças de veiculação hídrica. Além dos cuidados em embarcações que servem como hospedagem para alguns brincantes do Festival.

A operação contou com o apoio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), e com a ajuda do mascote do órgão, o “Chico Prevenido”, que distribuiu material gráfico com informações aos turistas.

Áreas de risco – Parintins, na calha do Baixo Amazonas, está em “Estado de Alerta” (o segundo estágio do desastre) desde o mês de maio, devido à enchente. Por conta disso, a Defesa Civil do município que já elaborou um plano de contingência, aponta para oito bairros vulneráveis a inundações e quatro áreas de risco, oriundas do fenômeno de “terras caídas”.

FOTO: DIVULGAÇÃO/DEFESA CIVIL-AM