Delegado Sotero fala sobre morte e tiroteio no Porão do Alemão durante julgamento

O delegado de Polícia Civil Gustavo Sotero prestou depoimento à Justiça amazonense na manhã desta quarta-feira (18) sobre a morte do advogado Wilson Junior dentro de uma casa de shows em novembro de 2017.

Sotero sustentou a alegação da defesa em morte por legítima defesa. Na ocasião, o delegado ainda baleou a esposa de Wilson e mais dois frequentadores do Porão do Alemão.

Ele começou a ser ouvido no terceiro dia de audiências de instrução de julgamento, no Fórum Ministro Henoch Reis, Zona Centro-Sul de Manaus.

Nesta terça-feira (17), pelo menos cinco testemunhas foram ouvidas. O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) informou que as testemunhas de defesa desistiram de falar. Em razão disso, o depoimento do delegado foi antecipado, com o encerramento das audiências de instrução.

Compartilhe