Dia Mundial do Diabetes – Ministério da Saúde reforça alerta à população

O diabetes está acometendo mais pessoas no Brasil. O diagnóstico da doença revela aumento de 61% em 10 anos, segundo dados do Ministério da Saúde, As mulheres lideram o ranking: quase 10% da população feminina declarou possuir a doença contra 7% dos homens. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, explica que o governo federal está atuando para combater o diabetes.

“Em todos os países há crescimento de obesidade e sobrepeso. Se deve necessariamente a alimentação por conta de alimentos processados, das pessoas se alimentarem fora de casa, de mudanças de habito mesmo da população e sedentarismo. Inclusive crianças ficam muito tempo na frente do computador, do smartphone e não se movimentam, não consomem a energia que adquirem nos alimentos. Então temos buscado fazer campanhas de atividade física e alimentação saudável. São os pontos que poderão reduzir o número de diabéticos ao longo do tempo”.

A revendedora Thaís Sousa é um exemplo. Diagnosticada com diabetes ainda criança, ela conta como é controlar e conviver com a doença.

“Quando eu descobri a diabetes eu tinha 11 anos de idade. Foi uma surpresa pra mim, porque eu não conhecia a palavra diabetes. Ai depois eu fui aprimorando, buscando conhecimentos e tratamento. Mas foi difícil, porque uma criança deixar de ingerir doces de uma hora pra outra é muito difícil e o psicológico para quem tem diabetes é complicado. Mas hoje em dia, eu estou bem adaptada e acostumada e sei conviver bem com a diabetes”.

Para quem têm diagnóstico de diabetes, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece atenção integral e gratuita, principalmente para controle e tratamento, inclusive com insulinas. O programa Aqui Tem Farmácia Popular, parceria do Ministério da Saúde, também distribui medicamentos gratuitos, entre eles o cloridrato de metformina, glibenclamida e insulinas.

Reportagem, Janary Damacena.