Emenda na LDO garante autonomia financeira para UEA

Foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), a emenda de Nº 36 de autoria do deputado Dermilson Chagas (PEN), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, com objetivo de dar autonomia financeira e orçamentária à Universidade do Estado do Amazonas (UEA), vedando qualquer desvio de finalidade dos recursos vinculados a instituição. Além disso, outra emenda do deputado Luiz Castro (REDE), que possuía o mesmo teor, também foi aprovado.

De acordo com Dermilson Chagas a aprovação de sua emenda, foi uma vitória na Assembleia Legislativa em favor da sociedade. “A minha emenda aprovada dá esse direito de autonomia financeira para UEA. É a vida e o fôlego que a Universidade precisa. O recurso financeiro que vem, servirá para pagar contratos e avaliar de que forma vai ser administrado esse recurso e como vai ser empregado. Este é o momento de muita alegrai porque o vestibular não vai estar mais em risco. E principalmente os sonhos de todos que querem um diploma”.

Para o reitor da Universidade do Estado do Amazonas, Cleinaldo Costa a emenda do deputado Dermilson Chagas, responde a um anseio da UEA, que atualmente vive um momento difícil no ponto de vista da economia do estado do Amazonas. “É muito importante fortalecimento da instituição preservando a sua força na capital e no interior. Esse é nosso desejo e vontade de continuar servindo bem o estado do Amazonas, cumprindo o seu papel de educar e formar os quadros que nossa universidade oferece a comunidade. A condição é apolítica e não tem a ver com qualquer momento político acontecendo no estado nesse momento”, ressaltou.

Em resposta, Dermilson ressaltou a presença do reitor da UEA, Cleinaldo Costa que esteve presente na votação, apoiando a sua iniciativa de devolver o que é de direito da Universidade. “Agradeço também a todos os professores, funcionários e alunos que participaram o dia todo pressionando e apoiando para que a minha emenda fosse aprovada. Essa não é uma vitória minha e sim do povo do Amazonas que colocou sua esperança na UEA”, afirmou.

loading ...