Empresa francesa lançou software para descobrir filhos gays. O site BBC relata que companhia francesa “causou polêmica no país ao oferecer um ‘software de espionagem invisível’ que poderia ser utilizado para ‘descobrir se o seu filho é gay’”.

“PISTAS”
Diz a matéria da BBC: “Em sua página na internet, a companhia sugeriu ‘pistas’ que justificariam suspeitas dos pais sobre a homossexualidade do filho”.

PISTAS

Entre as “pistas” de homossexualidade listadas pela empresa estavam: “ser cuidadoso consigo mesmo”, ser mais interessado na leitura e no teatro do que no futebol, ser tímido quando criança, ter alguns tipos de piercings e gostar de cantoras mulheres e “divas”.

MENSAGENS

O texto sugere variadas formas para confirmar as suspeitas, como “monitorar o uso do Facebook”, ver “se ele visitou fóruns de gays” ou “espionar suas mensagens privadas”.

RETIRADO

Após ser denunciado por grupos gays, o texto foi retirado do ar. Para o governo francês, o anúncio “demonstrou que a homofobia e o sexismo têm raízes nos mesmos estereótipos de gênero”.