Equipe da Dema registra apreensão de 150 kg de pescado em período de defeso

Servidores lotados na Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema), registraram na manhã desta terça-feira, 24, por volta das 11h30, a prisão de Edivaldo da Silva Rodrigues, 47, realizada por integrantes do Batalhão de Policiamento Ambiental do Amazonas (BPAmb-AM) na Feira da Panair, localizada na Avenida Rio Negro, bairro Educandos, zona Sul da cidade.
De acordo com a delegada titular da Dema, Ana Cristina Braga, os policiais militares faziam uma fiscalização de rotina pelo local quando perceberam a venda irregular de pirarucu, que encontra-se em período de defeso. Na ocasião foram apreendidos com Edivaldo, que se identificou como proprietário do pescado, 140 quilos de pirarucu fresco e dez quilos de pirarucu salgado.

O homem então foi conduzido à Dema, onde foi autuado em flagrante por pesca em período proibido, delito previsto no Artigo 34, inciso terceiro, da Lei de Crimes Ambientais, de nº 9.305/98. O pescado está na época de defeso, ficando proibida a pesca, transporte, armazenagem e a venda de pirarucu. Conforme previsto em lei, foi arbitrada fiança pela autoridade policial no valor de R$ 798 em espécie e Edivaldo responderá pelo delito em liberdade.

Ao término dos procedimentos, a delegada Ana Cristina Braga informou que o pescado apreendido será doado ao abrigo Casa Mamãe Margarida, localizado na Rua Penetração 2, bairro São José 2, zona Leste da cidade. O local atende crianças e adolescentes em vulnerabilidade social.