Equipes do NASF, ESFR e Saúde Bucal de Barreirinha recebem capacitação para início de trabalhos

As equipes participam de uma roda de conversa para se conhecerem
As equipes participam de uma roda de conversa para se conhecerem
As equipes participam de uma roda de conversa para se conhecerem
As equipes participam de uma roda de conversa para se conhecerem

O município de Barreirinha, distante 372 km da capital, que está em fase final de implantação de suas equipes NASF, ESFR e Saúde Bucal promoveu do dia 16 (segunda-feira) a 20 (sexta-feira um curso intensivo sobre os instrumentos técnicos e operacionais das equipes de saúde alinhados a Política Municipal de Saúde.O Curso foi promovido pela Prefeitura de Barreirinha por intermédio da Secretaria de Saúde e se realizou no auditório da própria Secretaria de Saúde.

Segundo a coordenadora de planejamento da Secretaria de Saúde Daízes Pimentel este curso intensivo ofertado a essas equipes de saúde torna-se imprescindível para o início dos trabalhos dos profissionais cadastrados nas equipes.

Profissionais de várias áreas como odontos, fisioterapeutas entre outros participam da capacitação
Profissionais de várias áreas como odontos, fisioterapeutas entre outros participam da capacitação

O conteúdo programático do curso abordou os seguintes assuntos: Sistema Único de Saúde, Perfil epidemiológico e da gestão da saúde de Barreirinha, atenção primária em saúde (estratégia saúde da família/ESFR/ESF/ESB/NASF), programas, projetos e outros serviços implantados no município, elaboração do fluxograma e projeto terapêutico do NASF de acordo com o preconizado pelo Ministério da Saúde.

Para o fisioterapeuta Ricardo Portilho que faz parte do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) este treinamento que as equipes receberam esclareceu tudo sobre a saúde em Barreirinha.

“Esta capacitação nos deixou por dentro de tudo o que acontece na saúde de Barreirinha e estou encantado com a estrutura montada pela Prefeitura através da Secretaria de Saúde para facilitar o serviço do profissional de saúde e também para o atendimento da população” finalizou o fisioterapeuta.

Fonte: baeturismo.net