Escolas de Manaus agora têm Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest/Manaus), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), encerrou nesta quarta-feira, 20/6, a fase de implantação de Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPAs) em 21 escolas da rede municipal de ensino.

A programação de encerramento aconteceu na Escola Municipal Professora Sônia Maria da Silva Barbosa, no bairro Jorge Teixeira, com a última de cinco turmas de curso de capacitação de profissionais de três escolas para a implantação das CIPAs. Além da Escola Sônia Barbosa, o curso capacitou funcionários das escolas Aderson Pereira, do bairro Novo Aleixo, e Biólogo Adolpho Ducke, no bairro Cidade de Deus.

A técnica responsável pelo projeto, engenheira de Segurança do Trabalho Ercília Soares, o Cerest promoveu os cursos com o objetivo de capacitar gestores, professores e outros funcionários para que possam integrar as CIPAs em cada uma das 21 escolas, contribuindo para a prevenção dos acidentes de trabalho e doenças ocupacionais no ambiente escolar.

Com duração de 20 horas, o curso abordou temas como “Noções sobre acidentes e doenças do trabalho decorrentes de exposição aos riscos existentes na escola e no ambiente doméstico”, “Princípios gerais de higiene do trabalho”, “Metodologia de investigação e análise de acidentes e doenças do trabalho”, “Noções sobre a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida – Aids, e outras DSTs e medidas de prevenção” e “Noções básicas de segurança, combate a incêndio e noções de primeiros socorros”.

Ercília Soares informou que os profissionais capacitados e as CIPAs implantadas em 21 escolas, o Cerest fará o acompanhamento inicial das reuniões mensais para apoiar o trabalho que será realizado. A primeira atividade programada é a elaboração de um mapa de risco em cada escola, com a contribuição de funcionários e estudantes, apontando os principais riscos para acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.