Feira Agropecuária de Nhamundá recebe financiamentos da Afeam

O Governo do Amazonas aplicou 100% dos R$ 300 mil disponibilizados para financiamentos na Feira Agropecuária de Nhamundá, município do Baixo Rio Amazonas, e que aconteceu neste fim de semana com realização da Prefeitura local. O valor é parte dos R$ 5 milhões que a Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam) está disponibilizando para 15 eventos dessa natureza no interior e em Manaus.

Em Nhamundá, onde a Afeam manteve um estande, produtores obtiveram recurso para a compra de 46 animais, voltados ao melhoramento genético (bovinos e bubalinos), e também máquinas e implementos. A média dos financiamentos chegou a R$ 15 mil, com alguns contratos chegando próximo de R$ 25 mil. Para facilitar a liberação do recurso, a Agência de Fomento pré-cadastrou interessados.

Nhamundá, na fronteira com o Estado do Pará, se destaca, sobretudo, pelos seus rebanhos e pala produção de farinha de mandioca. Levantamento realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), órgão de assistência técnica da Secretaria de Produção Rural (Sepror), e parceiro da Afeam no atendimento ao setor primário, revela rebanhos locais de 22 mil cabeças de gado, 2 mil bubalinos e cerca de 2,7 mil ovinos e caprinos.

Planejamento – No primeiro dia das feiras agropecuárias, a Afeam reúne com os técnicos do Idam, representantes da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf), Prefeitura e Secretaria Municipal ligada ao setor primário para programar e/ou definir o plano de trabalho durante o evento. Podem ser atendidos produtores locais ou de municípios vizinhos.

Público-alvo – Podem ser atendidos com os financiamentos nas feiras e exposições agropecuárias os produtores rurais (pessoas físicas e jurídicas) que estejam em plena atividade agropecuária e que comprovem a existência de infraestrutura mínima na propriedade rural. E ainda: agropecuaristas que cumpram as exigências dos órgãos, por exemplo, de defesa sanitária.

FOTO: DIVULGAÇÃO/AFEAM