Foragido do Ipat é preso com drogas na zona Oeste

Marildo Batista Junior
Marildo Batista Junior

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu Marildo Batista Junior, 26, na manhã desta terça-feira, 24. O homem estava dentro da residência dele, localizada no Beco da Uva, bairro Nova Esperança, zona Oeste de Manaus. Ele era foragido do Instituto Penal Antonio Trindade (Ipat), onde cumpria pena em regime semiaberto por tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Os agentes chegaram até Marildo após receberem uma denúncia anônima feita ao número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM), informando que o homem estaria comercializando entorpecentes na área. De acordo com a equipe de investigação, ele foi preso em flagrante.

“Na casa de Marildo, nós apreendemos duas porções de “skunk”, tipo de maconha fabricada em laboratório, um tablete de maconha, dez trouxinhas de cocaína, nove trouxinhas de oxi, duas pedras de oxi e materiais para embalo. Na delegacia, verificamos que ele era reincidente e que já havia fugido da mesma unidade prisional outras vezes”, explicou um dos investigadores.

Marildo estava entre os 176 presos que fugiram do Ipat, em setembro de 2013. Na época, o homem chegou a ser recapturado em uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar, coordenada pela Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Na ocasião, ele estava em via pública, na Rua 3 do bairro Planalto, na zona Centro-Oeste.

“Esta é a segunda vez que ele foge do Ipat. Descobrimos que o homem não retonava à unidade prisional desde dezembro do ano passado. Em depoimento, ele confessou que vendia os entorpecentes”, complementou o investigador. Na delegacia, ele foi autuado por tráfico de drogas, como previsto no Artigo 33, da Lei nº. 11.343/06. Após os procedimentos cabíveis, Marildo será encaminhado à cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.