Formação em Técnico em Radiologia traz a vantagem de atuar em vários segmentos

O curso Técnico em Radiologia é um dos mais procurados no Centro Literatus (CEL), instituição referência em formação profissional no Amazonas. Após formado, o aluno pode atuar em hospitais, ambulatórios, centros de diagnóstico por imagem, clínicas e Unidades Básicas de Saúde. Com salário médio de R$ 1.600, o técnico tem a vantagem de atuar em diversos segmentos, já que a área envolve uma gama de serviços que vão desde os exames radiográficos convencionais até procedimentos de medicina nuclear e radioterapia.

Formada recentemente no curso técnico do CEL, a maranhense Mykaela Medeiros conta que sempre achou interessante como uma imagem do corpo humano podia ajudar o médico na hora do diagnóstico de alguma doença. “Acredito que nasci para atuar na área, sempre achei fascinante mostrar o que não é possível ser ver a olho nu, e após estagiar na área, vivenciando a profissão, me apaixonei ainda mais”, comenta a jovem.

Com duração de 22 meses, o investimento mensal no curso é a partir de R$ 291,50 e alinha conhecimento teórico e prático em laboratório, que possibilita vivenciarem o futuro da profissão. A partir do segundo ano, a carga horária de aulas práticas é intensificada, preparando o aluno para realizar 400 horas de estágio. “A rápida duração e o retorno financeiro fazem da capacitação técnica um atrativo para quem deseja entrar no mercado de trabalho”, disse a mantenedora do Centro Literatus, Elaine Saldanha.

Mercado de Trabalho

“Por conta dos avanços tecnológicos e a modernização dos equipamentos, o mercado de trabalho para o Técnico em Radiologia é extremamente promissor, entretanto, mesmo com o vasto campo de atuação, é essencial que o profissional se aperfeiçoe e se atualize para que possa ter um diferencial”, destacou Lucilene de Oliveira Santiago, presidente do Conselho Regional de Técnicos em Radiologia da 19ª Região com Jurisdição nos Estados do Amazonas e Roraima.

Ela aponta que a chave para ser requisitado pelo mercado é se tornar especialista e conhecer as técnicas necessárias para preparar e operar equipamentos usados em exames de diagnóstico por imagem. “Algumas doenças só podem ser detectadas com o auxilio da radiologia, então é fundamental investir constantemente na formação para atingir sucesso na profissão”, ressaltou a presidente da categoria.