Fugitivo do Centro de Detenção Provisória Masculino é preso em Rio Preto da Eva

A 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Rio Preto da Eva,realizou ação policial que resultou na recaptura do fugitivo do Centro de Detenção Provisória Masculino 2 (CDPM2), Valdecy da Silva Cardoso, 20, conhecido como “Negão”. o Trabalho foi comandado pelo delegado Jony Leão.

De acordo com a autoridade policial, a ação que culminou na prisão do infrator foi deflagrada pela equipe da 36ª DIP na manhã desta quinta-feira (23/80), por volta das 8h30, em Rio Preto da Eva. Jony Leão explicou que Valdecy foi encontrado em um sítio localizado no quilômetro 19 da rodovia estadual AM- 010, no momento em que os policiais civis realizavam diligências em torno de possíveis crimes que estariam acontecendo naquele município.

“Ao longo dos trabalhos recebemos delações, informando que o indivíduo estaria escondido em uma casa, naquela região, onde a mãe dele trabalha como caseira. No momento em que chegamos ao local indicado nós o avistamos. Valdecy estava sem qualquer documento que confirmasse a identidade dele. Em razão disso, nós o conduzimos à delegacia, onde ele acabou confessando que era fugitivo do Pavilhão Cinco do CDPM2”, relatou Leão.

Conforme o delegado, Valdecy fugiu no dia 12 de maio deste ano da unidade prisional, onde cumpria pena, em regime fechado, por roubo majorado. Na época, além do jovem, outros 34 detentos fugiram do local. O delegado afirmou, ainda, que “Negão” é investigado por praticar, na companhia de outros elementos, que seguem procurados pela polícia, roubos e furtos em sítios e também à Escola Municipal Padre Calleri, localizada no município de Presidente Figueiredo. O crime na instituição de ensino aconteceu no dia 9 de agosto deste ano, por volta das 14h30, segundo a autoridade policial.

“Na ocasião, homens com máscaras de personagens infantis invadiram o local armados e chegaram a agredir estudantes e professores. Nós enviaremos todas as informações obtidas com Valdecy para a equipe da 37ª DIP, em Presidente Figueiredo, município distante 107 quilômetros em linha reta da capital, para contribuir com o andamento das investigações em torno do caso”, disse o titular da 36ª DIP.

Jony Leão ressaltou que Valdecy tem passagem pela polícia por tráfico de drogas. O delegado afirmou que dará continuidade às investigações sobre os outros possíveis crimes praticados pelo infrator. O jovem ficará à disposição da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Disque-Denúncia – Para concluir, o delegado pede ajuda da população para recapturar os demais fugitivos do CDPM2. “Quem puder colaborar com o nosso trabalho, indicando a localização desses infratores, peço que liguem ao 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu.

FOTO: Erlon Rodrigues / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.