Grávida é baleada dentro de casa e bebê sobrevive

A violência desenfreada no Rio de Janeiro fez mais uma vítima, na manhã desta segunda-feira (12). Uma mulher grávida, de 21 anos, morreu após ser baleada na cabeça dentro de casa, em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio. Ela chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu as ferimentos. O bebê sobreviveu, mas está em estado grave na unidade de saúde.

Dandara Helena Damasceno de Souza foi submetida a uma cesariana, de acordo com informações do Extra. O coordenador médico da maternidade do Albert Schweitzer, Juciney Pacheco, disse que a criança nasceu com 900 gramas.

“A mãe chegou com um ferimento de arma de fogo ao hospital, já morta, mas a equipe de enfermagem ouviu os batimentos do bebê, por isso foi feita uma cesariana extrema ainda na emergência. O estado de saúde dele é grave, mas ainda é prematuro dizer se ele vai sobreviver”, explicou o médico.

Questionado se houve operação nesta manhã, na região onde a mulher foi atingida por um tiro, o 14ºBPM (Bangu) garantiu que não. A polícia suspeita que o crime tenha sido passional. A corproação investiga o caso.

Com informações do Minuto ao Minuto