Homem denunciado por estuprar uma criança de 10 anos é preso

A equipe de investigação da 64ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Tapuá, em ação conjunta com policiais militares, cumpriu na manhã desta quarta-feira (29/8), por volta das 9h, mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável em nome de um homem de 34 anos, denunciado por abusar sexualmente da própria enteada, uma criança de 10 anos, do sexo feminino.

Conforme a equipe da 64ª DIP, na manhã da última terça-feira (28/8), por volta das 11h, a vítima foi até a delegacia formalizar a ocorrência. Na ocasião, a menina relatou que os estupros vinham acontecendo desde que ela tinha cinco anos de idade e ocorriam quando a mãe dela saía para trabalhar e ela ficava em casa, com o padrasto.

“Logo após tomarmos conhecimento do caso, acionamos os representantes do Conselho Tutelar. Durante as oitivas, descobrimos que a irmã mais velha da criança, uma jovem de 20 anos, também havia sido estuprada pelo padrasto. Ela afirmou que os abusos ocorreram quando ela era mais nova”, declarou um policial civil que participou das diligências.

Como parte dos procedimentos cabíveis, foi solicitado exame de corpo de delito na criança, que confirmou a conjunção carnal. Em razão do resultado positivo, foi representado à Justiça o pedido de prisão preventiva, por estupro de vulnerável, em nome do infrator. A ordem judicial foi expedida ainda na terça-feira (28/8), pelo juiz Manoel Átila Araripe Autran Nunes, da Vara Única da Comarca de Tapauá.

O homem foi localizado na residência onde morava com a mãe das vítimas, naquele município. O indivíduo foi indiciado por estupro de vulnerável. Ele irá permanecer na carceragem da 64ª DIP, à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.