Homem é preso com com arma, munições e drogas

A 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) e Posto de Policiamento Integrado (PPI) do Distrito de Cacau Pirêra, ambos situados em Iranduba, prenderam em flagrante, na manhã do último sábado (1°/9), por volta das 6h, Gleidson Soares Jardim, 33, com arma de fogo, munições e drogas.A companheira dele, uma adolescente de 15 anos, foi apreendida durante a ação. A prisão foi coordenada pelas delegadas Sylvia Laureana e Suely Costa.

Conforme a delegada Sylvia Laureana, a prisão do infrator aconteceu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão para a casa dele, situada na Comunidade Vera Castelo Branco, quilômetro 13 da rodovia estadual AM-070, conhecida como Rodovia Manoel Urbano, em Iranduba.

“Demos início às diligências após recebermos informações sobre um sujeito que estaria comercializando entorpecentes naquela comunidade. Representamos à Justiça o pedido de busca e apreensão para o imóvel. A ordem judicial foi prontamente deferida pela juíza Aline Kelly Ribeiro, da 1ª Vara da Comarca de Iranduba. Realizamos a abordagem e, durante revista no local, encontramos um revólver calibre 38 com seis munições intactas, duas porções de maconha, uma porção de oxi e outra pequena de cocaína”, explicou Laureana.

A titular da 31ª DIP destacou que os policiais civis encontraram, ainda, três trouxinhas de substâncias entorpecentes, uma balança de precisão e R$ 623 em espécie. Conforme Suely Costa, que está respondendo interinamente pela titularidade do PPI, as equipes apreenderam também a adolescente de 15 anos, companheira do infrator.

Gleidson foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e corrupção de menores. Ao término dos procedimentos cabíveis na 31ª DIP, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), em Manaus, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

A adolescente irá responder por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas. Ela ficará à disposição do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM).

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.