Índice de Confiança do Comércio apresenta menor resultado desde agosto de 2017

O Índice de Confiança do Comércio recuou 0,8 ponto de junho para julho desse ano e atingiu 88,8 pontos. Esse é o menor nível desde agosto de 2017. A escala, que vai de zero a 200 pontos, abrange os segmentos varejista e atacadista do comércio.

De acordo com os pesquisadores da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o resultado de julho mostra que o setor continua sem fôlego para seguir com a recuperação que ocorria até o início do ano. A FGV acredita que os empresários do comércio continuarão cautelosos nos próximos meses devido aos níveis elevados de incerteza política e econômica.

O ICC é composto por dois subíndices e ambos apresentaram retração. O Índice de Situação Atual, que mede a confiança no momento, fechou em 86,5, com recuo de 0,7 ponto em relação ao mês passado. Esse é o menor nível desde dezembro do ano passado.

Já o índice de expectativas, que mede a confiança em relação ao futuro, recuou 0,6 ponto e chegou a 91,8, menor valor desde agosto de 2017. Apesar do resultado geral negativo, a queda da confiança em julho aconteceu apenas em quatro dos 13 segmentos pesquisados.

Reportagem, Clara Sasse