Inscrições para o Prouni terminam nesta sexta-feira (29)

Foto: EBC

Os alunos que quiserem concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos, o ProUni, têm até esta sexta-feira (20) para fazer as inscrições. Ao todo, serão ofertadas mais de 174 mil vagas em 1.460 instituições.

Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem de 2017, e ter tirado um mínimo de 450 pontos e nota superior a zero na redação. Além disso, só podem participar alunos brasileiros que não possuem curso superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

As bolsas integrais são destinadas aos estudantes que comprovam renda de até um salário mínimo e meio. Já as bolsas parciais são destinadas aos jovens que comprovem renda de até três salários mínimos.

Na hora da inscrição, o candidato pode escolher, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno entre as bolsas disponíveis, de acordo com seu perfil. Lembrando que enquanto estiver fazendo a inscrição, o candidato pode alterar as opções, mas só será considerada válida a última inscrição confirmada.

Quem tiver deficiência ou se autodeclarar indígena, preto ou pardo pode optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas. Se o candidato conseguir uma bolsa parcial de 50%, e não der conta de pagar a outra metade do valor da mensalidade, ele pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies.

Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis no site prouni.mec.gov.br, a partir do dia 2 de julho, para a primeira chamada, e de 16 de julho, para a segunda. Quem não for selecionado, pode participar da lista de espera nos dias 30 e 31 de julho.

Já as bolsas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas no decorrer do processo regular do Prouni. É o que explica o diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do MEC, Vicente Almeida Júnior.

“As vagas remanescentes são aquelas vagas que, porventura, não foram ocupadas durante o processo regular. O Ministério da Educação abre uma nova janela de oportunidades. Uma vez que essas vagas não foram ocupadas, nós vamos abrir um edital próprio, específico, contendo todas as regras para que o estudante possa se candidatar.”

Os candidatos podem baixar o aplicativo do ProUni, disponível na Google Play e App Store. A inscrição deve ser feita pela internet, mas pelo aplicativo o estudante pode acompanhar as divulgações das notas de corte dos cursos, pesquisar bolsas e acompanhar todo o calendário do processo seletivo.

Reportagem, Cintia Moreira