Ipaam autoriza empresa de grande porte a imprimir e fabricar papelão em Manaus

A atividade tem a expectativa de gerar 130 empregos diretos e indiretos no bairro Tarumã

O presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Marcelo Dutra, autorizou nesta terça-feira (03/07) a Licença de Operação (LO) para atuação da empresa de grande porte Labelpress Indústria e Comercio da Amazônia Ltda., para o processo de fabricação e impressão de artefatos de papel, papelão, cartolina e cartão, com plano de Coleta Seletiva. A atividade tem a expectativa de gerar 130 empregos diretos e indiretos na avenida Torquato Tapajós, bairro Tarumã, zona centro-oeste de Manaus.

Com a autorização do órgão de controle ambiental do Amazonas, a indústria amazonense entra para as empresas de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e, pode a partir da licença ambiental, receber incentivos fiscais da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). A LO é uma garantia de que a matéria prima vendida pela empresa para multinacionais são adquirida de forma legal e as atividades desenvolvidas, geração de resíduos, efluente, emissões atmosféricas, são de baixo impacto ambiental.

Para o presidente do Ipaam e secretário de Estado do Meio Ambiente (Sema), Marcelo Dutra, a garantia do emprego e da renda de forma legal, em harmonia com o meio ambiente, é um dos principais objetivos do Governo do Amazonas. “A finalidade do órgão não é só de multar. Pelo contrario, queremos trabalhar em parceria com empresas que entendem a importância da regularização ambiental. É ela que garante a geração de empregos e proteger o meio ambiente é um oficio de todos”, afirmou.

Regularização ambiental ─ Marcelo Dutra lembrou que há outras empresas de grande porte buscando liberação de licenças, como é o caso da Benaion Indústria de Papel e Celulose S.A, que teve também teve a LO autorizada. De acordo com ele, essas ações mostram que as empresas estão buscando a regularização ambiental da atividade e se comprometendo com o uso sustentável do meio ambiente, atitudes que fortalecem a economia no Estado.

Resíduos ─ Segundo a coordenadora do Sistema de Gestão Integrado (SGI) da Labelpress, tecnóloga em Gerenciamento Ambiental, Claudia Amaral, a autorização da LO se deu devido ao Plano de Gerenciamento de Resíduos (PGRS) realizado pela empresa. “Aqui trabalhamos com a Coleta Seletiva, a fim de separar os resíduos gerados nos processo e poder destiná-los adequadamente, reutilizando ou reciclando. Trabalhamos junto aos funcionários com palestra e distribuição de cartilhas onde estão descritas as boas praticas ambientais tanto para orientá-los como para torná-los comprometidos como colaborador e cidadão”, disse.

Serviços ─ Para solicitar LO, a empresa ou pessoa física pode ligar para o telefone (92) 2123-6700 ou acessar o site do Ipaam no endereço eletrônico (http://www.licenciamentoambiental.am.gov.br) e verificar os requisitos para a solicitação da licença. Também pode ser solicitada a Licença Prévia (LP), a Licença de Instalação (LI) e a Licença Ambiental Única (LAU).

FOTO: DIVULGAÇÃO/LABELPRESS