Júlio César foi preso pela Polícia Civil em cumprimento de preventiva por homicídio no bairro Santa Luzia

A equipe de investigação do 2° Distrito Integrado de Polícia (DIP) cumpriu no início da tarde desta quinta-feira (5/7), por volta de meio-dia, mandado de prisão preventiva por homicídio em nome de Júlio César do Nascimento Pereira, 32, envolvido na morte de Leonardo Ramos Mendes da Fonseca. O crime ocorreu no dia 27 de julho de 2005.

O delegado Aldeney Goes, afirma que no dia do fato, o infrator, juntamente com um adolescente de 17 anos, em posse de arma de fogo, executou a vítima em via pública, na rua Inácio Guimarães, bairro Educandos, zona sul da capital.

Conforme o delegado, Júlio foi encontrado na tarde desta quinta-feira (5/7), na rua da Igreja, bairro Santa Luzia, zona sul de Manaus, após denúncias de moradores da região. “Após diligências no local, recebemos informações de que o indivíduo estaria circulando pelo lugar. Montamos campana e, no momento oportuno, nós o abordamos. Ele não esboçou reação alguma. Ao perguntarmos sobre o homicídio, Júlio não quis falar sobre o caso”, disse.

Ao término dos procedimentos cabíveis no 2° DIP, o homem será levado à Central de Recebimento e Triagem (CRT) do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, onde irá permanecer à disposição da Justiça

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas