Kendinho, maior pistoleiro de Coari é preso

Por volta das 20h30 deste domingo (1), policiais militares de Coari prenderam em flagrante Kennedy Miguel de Oliveira, conhecido como Kendinho, de 26 anos, suspeito de cometer vários homicídios na cidade.

Com o infrator foi apreendido uma arma de fogo, calibre 38, com numeração suprimida e três munições intactas.

O suspeito foi preso na rua Padre Mário, após abordagem policial a uma motocicleta marca Honda, modelo Biz 125 vermelha. Na ocasião, o veículo estava sendo conduzida por uma mulher identificada por Glenda, que seria sobrinha de Raimundo Araujo, o “Nego do Catara”, que se evadiu antes da abordagem policial.

Para a Polícia, “Kendinho” é conhecido por atuar em crimes de pistolagens (homicídios) na cidade de Coari, em parceria com seus comparsas identificados como “Roger Montalvão” e “Max William”.

Segundo denúncias anônimas, o trio estava foragido desde o assassinato da estudante Brenda, no bairro Urucu, em agosto do ano passado. Os suspeitos retornaram à Coari para matar traficantes rivais do presidiário “Nego do Catara”.

Compartilhe