Maioria das chapas presidenciais ainda não indicou vice

Arte - Portal Desacato

O prazo para as chapas definirem candidatos à presidência e vice se encerra neste domingo (5). A dois dias do fim, a maioria dos presidenciáveis ainda não conseguiu um vice na chapa para disputar a eleição em outubro.

Os pré-candidatos Álvaro Dias (Podemos) e Geraldo Alckmin (PSDB) realizam convenções neste sábado (4) e devem oficializar as candidaturas para a corrida presidencial com os vice-presidentes definidos. Alckmin está fechado com a senadora Ana Amélia, do PP gaúcho, enquanto Álvaro Dias deve ter como vice o ex-presidente do BNDES Paulo Rabello de Castro, do PSC. João Amoedo, do Novo, também realiza convenção neste sábado em São Paulo, mas ainda não anunciou quem integrará sua chapa.

O PDT oficializou Ciro Gomes como candidato à presidente da República no dia 20 de julho, mas ainda não há decisão de quem será seu vice-presidente. Jair Bolsonaro que oficializou a candidatura pelo PSL um dia depois também ainda não definiu o nome que vai compor sua chapa.

O candidato do PSL já recebeu a negativa do senador Magno Malta (PR-ES) e do general da reserva Augusto Heleno (PRP). Outros nomes que são ventildos são o da advogada Janaina Paschoal (PSL) e do príncipe Luiz Philippe de Orléans e Bragança, da Casa Imperial Brasileira.

Outro nome confirmado para a disputa eleitoral é da candidata Manuela D’Ávila, do PCdoB. Durante convenção na última quarta-feira, Manuela disse que ainda não há decisão sobre o nome que irá indicar, mas que deve ser escolhido alguém que defenda a unidade do campo político da chapa.

O MDB oficializou Henrique Meirelles nesta quinta-feira (2) com 85% da aprovação dos membros do partido, o próximo passo é decidir o vice em comissão especial interna na sigla.

Por enquanto, a única chapa completa é a do PSOL, de Guilherme Boulos. Líder do MST, Boulos aposta em Sônia Guajajara, líder indígena, como sua vice. Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, deve indicar no domingo o nome de Eduardo Jorge, do PV.

O prazo para registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) das chapas de presidente e vice deve ser feito até 15 de agosto.

Reportagem, Juliana Gonçalves

#Eleições2018