Mais de 300 mil alevinos vão beneficiar produtores de três municípios do Amazonas

Aproximadamente 300 mil pós-larvas de tambaqui serão entregues nesta quinta-feira (25/07), a 50 pequenos produtores dos municípios de Tapauá, Fonte Boa e Anori, no interior do Amazonas. A ação segue cronograma de entregas do Programa de Consolidação da Cadeia Produtiva da Piscicultura da Secretaria de Pesca e Aquicultura (Sepa), vinculada ao Sistema Sepror, que visa incentivar especialmente os produtores familiares.

De acordo com o coordenador do Centro de Treinamento, Tecnologia e Produção de Aquicultura (CTTPA/Balbina), Renilton Solarth, a entrega será feita na unidade do Idam local, localizada na Avenida Torquato Tapajós, na barreira da BR174, logo nas primeiras horas do dia para evitar que os embriões morram antes de chegar ao destinatário. “A logística é realizada por lanchas a jato ou avião dependendo da distância do município, coma preocupação que essas pos-larvas cheguem o mais rápido possível e com uma taxa de sobrevivência alta.” afirma Renilton.

O coordenador também afirma que o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Balbina localizado em Presidente Figueiredo é o único centro de produção do Norte do país que produz tambaqui durante todo ano. “Entregamos alevinos o ano todo atendendo todos os produtores de qualquer município do Amazonas,”, explica Renilton.

Pós-larvas para pesquisas

Além dos alevinos para os pequenos produtores, a Sepa vai entregar 100 mil pós-larvas para o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) com a finalidade de desenvolver pesquisas beneficiando a piscicultura.
No primeiro trimestre de 2018, a Sepa entregou seis milhões de pós-larvas, e um milhão de alevinos de Tambaqui, Matrinxã e Pirapitinga. A estimativa é que até o fim do ano sejam entregues 25 toneladas.
Produtores interessados em participar do programa, devem procurar a unidade do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário, Florestal, Sustentável do Amazonas (Idam) mais próximo de sua casa. Também podem ir à prefeitura de seu município para fazer a solicitação.

Foto: Djalma Júnior