Mais de cem detentos fogem de presídio em João Pessoa

Mais de cem presos fugiram da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, na madrugada desta segunda-feira (10), em João Pessoa, na Paraíba. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do estado, até o início da manhã, 33 detentos haviam sido recapturados.

Moradores da região próxima ao presídio começaram a ouvir disparos e uma explosão pouco antes da meia-noite. Cerca de 20 homens chegaram em quatro carros e efetuaram diversos disparos contra guaritas e alojamento do local. O portão principal foi derrubado após uma explosão.

Os alvos do resgate seriam quatro homens que foram presos em agosto na cidade de Lucena, que fica a aproximadamente 50 quilômetros de João Pessoa, após atacarem um carro-forte.

O presídio alvo do ataque tem capacidade para 660 presos, mas atualmente funcionava com 680 detentos.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes