Márcia Baranda participa do lançamento da campanha “Mais mulheres na Política” em São Paulo

A presidente do PMDB Mulher Parintins​ Marcia Baranda​ participou nesta quarta-feira do lançamento da Campanha “Mais Mulheres na política” que ocorreu na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Márcia teve seu nome citado pelos organizadores do evento por ser uma das representantes das mulheres da Amazônia na luta que visa garantir, já nas próximas eleições que 30% das vagas dos legislativos de todo o país sejam ocupadas por mulheres. A proposta prevê que essa cota seja aumentada em 5% a cada eleição até que se chegue ao índice de 50%. A iniciativa é da bancada feminina do Congresso Nacional. Márcia Baranda foi convidada para participar da programação pela Senadora do Amazonas Sandra Braga (PMDB) que também participa da solenidade. Além de políticos, estrelas da televisão brasileira também participaram da programação como a atriz Maitê Proença.

A campanha fez o levantamento de dados que mostram o Brasil na 124º posição, em ordem descrecente, entre 188 países, quanto a participação feminina no legislativo.

Na Câmara dos Deputados, a participação das mulheres corresponde a 9,94% das 513 cadeiras ocupadas hoje, e no Senado, as mulheres ocupam 16,05% das 81 vagas. Já nas assembleias legislativas e nas câmaras de vereadores, isso corresponde a apenas 11% e a 13,3%, respectivamente, apesar de a legislação eleitoral mandar que os partidos políticos destinem pelo menos 30% das vagas para as eleições às mulheres.

A senadora Sandra Braga lembrou que 470 anos antes de Cristo, Aristóteles já afirmava que as mulheres são tão capazes de administrar tão bem quanto os homens. “Hoje, ter mais mulheres competentes na política é humanizar o Legislativo com a sensibilidade feminina de que o Congresso tanto precisa”, disse Sandra Braga.

No Congresso existem as propostas de emenda à constituição das senadoras Vanessa Graziotin (PC do B – AM) e Marta Suplicy (PT – SP). Márcia Baranda também conversou com as legisladoras e destacou a importância de trabalhar para que as mulheres estejam mais presente na política fortalecendo a luta pela a igualdade de gênero. “A mulher caminha ao lado do homem, não existe essa história de dizer que por traz de um grande homem existe uma grande mulher devemos estar sempre ao lado”, disse.

Márcia afirmou que durante a solenidade foi entregue o projeto de Lei de iniciativa popular para a reforma política ratificando 30% das vagas nas casas legislativas para as mulheres, ao presidente do senado Renan Calheiros (PMDB-AL) e do presidente da Câmara dos deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Márcia concluiu afirmando que o encontro foi Bastante produtivo e uma experiência de conhecimentos que serão compartilhados com as mulheres de Parintins.

Além de Renan Calheiros e Eduardo Cunha também participou da programação o presidente da Fiesp, Paulo Ska ex- candidato ao governo de São Paulo pelo PMDB.

Assessoria PMDB Mulher Parintins