Marina Silva libera alianças estaduais da Rede após não conseguir partidos para sua coligação

(Foto: Reprodução Facebook)

Ainda sem partidos em sua coligação, Marina Silva liberou os diretórios estaduais da Rede para fazerem alianças regionais, sem veto à possibilidade de que o partido esteja em coligações com mais de um candidato à Presidência. Marina tem pouco mais de uma semana até a convenção nacional da sigla.

Para garantir a sobrevivência do partido, é preciso eleger um número suficiente de deputados federais para ultrapassar a cláusula de barreira que determina um mínimo de nove parlamentares em nove estados.

Os partidos de centro-esquerda, como PSB, PC do B e Podemos são possíveis alianças. Em Rondônia, a Rede já consolidou parceria com o PPS, e, no Paraná, a coligação foi formada com o PPL e PSDC.

Reportagem, Clara Sasse