Menina de 13 anos resgatada de motel já foi estuprada por pai e avô, diz delegada

Manaus – O caso da menor de 13 anos que era agenciada pela própria tia e foi resgatada de dentro de um motel, no momento em que fazia um programa sexual com o empresário Fabian Neves, na zona Norte de Manaus, é mais tenebroso do que se imaginava. Além de sofrer ameaças da própria tia para vender o corpo, ela foi estuprada pelo pai e o avô quando era criança.

A informação foi repassada pela delegada titular da Delegacia Especializada em Crimes contra à Criança e ao Adolescente (Depca), Joyce Carvalho, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (8), na sede da especializada.

De acordo com Joyce, a menina integrava uma rede de prostituição infantil da cidade, que tinha como um dos líderes, a tia da garota. A mulher de 28 anos, que não teve o nome revelado para nao identificar a jovem, ameaçava de morte a garota se ela a denunciasse à polícia.

A mulher ficou com a guarda da menor após ela ter sido aliciada pelo pai e pelo avô.

“Ela estava sendo agenciada há um ano e a tia recebia de R$ 500 a R$ 1.000 por cada programa. Fabian era um dos clientes assíduos e há informações que ele realizava outros programas com outras garotas”, relatou Joyce.

No carro do empresário do ramo de segurança privada, a polícia encontrou R$ 10 mil em espécie. Segundo a investigação, parte do dinheiro seria utilizado para pagar a agenciadora. A polícia chegou até os dois suspeitos após receber informações da escola onde a menor estudava e do Conselho Tutelar. A garota apresentava um comportamento diferente e a professora desconfiou das ações dela.

A menor passou por uma equipe de psicólogos e foi encaminhada para um abrigo. A Justiça vai decidir sobre a guarda da menor.

Compartilhe