Menino de 3 anos espancado pela próprias mãe e pelo padrasto tem morte cerebral constatada

O caso ocorreu em de Porto Seguro, no sul da Bahia. A Polícia Civil informou neste domingo (5) que um menino de 3 anos teve morte cerebral após ser espancado pela mãe e pelo padrasto. De acordo com o delegado Marcelo Paiva, a morte foi confirmada ainda na sexta-feira (3), após a realização de testes no Hospital Luís Eduardo Magalhães. A criança passou cinco dias internada em estado grave na unidade de saúde.

De acordo com o G1, o casal Jamile Jesus dos Santos e Anderson Avelino dos Santos confessaram o espancamento. A mãe disse que bateu no filho após ele pegar biscoitos escondido. A criança foi queimada nas mãos, levou socos na cabeça e chegou a ser agredida com um cipó. Segundo a mãe, o objetivo era “educar”. Os dois foram presos.