Mesmo com decisão do TSE, PT insiste e divulga vídeo com Lula como candidato

O Tribunal Superior Eleitoral determinou, em longa sessão nesta sexta-feira (31), que o ex-presidente Lula não poderia aparecer como candidato do PT na propaganda eleitoral gratuita de rádio e televisão. Mesmo assim, a legenda divulgou um vídeo em que o petista aparece como o líder da chapa, com Fernando Haddad como vice.

A peça, de 2 minutos e 23 segundos, começa com a frase “começa agora o programa Lula presidente, Haddad vice” e traz o pescador Toinho Silveira como o personagem principal, onde fala sobre a vida antes e depois de Lula.

Para o cientista político Daniel Falcão, adversários do ex-presidente e o Ministério Público vão considerar a peça como material irregular de campanha.
“O que provavelmente vai acontecer é que o Ministério Público e os adversários do PT na campanha presidencial vão entrar com representação por propaganda irregular, e se o TSE entender irregular essa propaganda vai haver aplicação de multa”.

Seis dos sete ministros do TSE votaram contra a candidatura do ex-presidente. A legenda terá dez dias para indicar o substituto de Lula no pleito. Inicialmente, a Corte havia determinado que o PT não poderia veicular propaganda eleitoral até a apresentação do novo candidato, mas voltou atrás após pedido da defesa.

Reportagem, Thiago Marcolini