Mulheres em busca do poder: o universo sugar brasileiro

A união entre Sugar Babies e Sugar Daddies é a
nova tendência de relacionamento no país.

Viagens, joias, faculdade, roupas de grifes e até mesmo mesadas retratam o estilo de vida das mulheres conhecidas como Sugar Babies. Esse estilo de vida é proporcionado pelos Sugar Daddies, que são homens maduros e bem-sucedidos . As Sugar Babies, são mulheres jovens e atraentes em busca do poder. Ambos são protagonistas do estilo de relacionamento sugar.  A modalidade de relacionamento que surgiu há mais de dez anos nos Estados Unidos e estreou no mercado brasileiro em 2016.
Nas redes sociais, é possível identificar o cenário de poder e ostentação das meninas adeptas do estilo de vida sugar. As Babies frequentam as melhores festas e eventos, com trajes e acessórios de grifes. Elas buscam as redes de Relacionamento Sugar para encontrar os Daddies com a finalidade de garantir além de um bom estilo de vida, relacionamentos equilibrados. Elas também buscam crescimento pessoal e profissional. Algumas têm a oportunidade de ingressar na faculdade, com a ajuda dos Sugar Daddies. Outras ganham um empurrãozinho para serem donas do seu próprio negócio.  É o caso da carioca Rebeca Ferreira, 28, adepta do estilo de Relacionamento Sugar e agora empresária do ramo de confecções.
(Rebeca Ferreira no Chile)

(Sugar Baby Rebeca Ferreira em Bariloche, na Argentina)

 

 

 

 

 

 

 

 

Ela conta que sempre se relacionou com homens mais velhos dispostos a ajudá-la a crescer profissionalmente. Questionada sobre os benefícios conquistados na relação, Rebeca conta que já fez várias viagens nacionais e internacionais. “Estive em lugares que sozinha jamais conseguira conhecer. Ganhei muitos mimos, mas o que ganho com frequência são bolsas e sapatos de grife. Além disso, meu Daddy me ajudou a abrir meu próprio negócio” (sic). Atualmente, a jovem é empresária do ramo de confecções na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro.

A microempresária contou ainda que já se relacionou com um Sugar Daddy que a contratou como funcionária de sua empresa, para passarem mais tempos juntos.

A demanda de mulheres em busca de um “bom partido” é grande. E como tempo é dinheiro, parece que os homens bem-sucedidos também não estão querendo perder muito tempo . O site Universo Sugar, recebe uma alta demanda de inscrições entre mulheres com faixa etária de 18 a 35 anos e homens de 35 a 70 anos.

A CEO da rede de relacionamento Universo Sugar, Luana Bezerra, conta que a plataforma é composta por um grupo seleto. Os perfis são aprovados manualmente por uma equipe que analisa cada cadastro com muita prudência. A empresária comenta alguns pontos que podem influenciar consideravelmente no resultado da aprovação. “Toda mulher precisa se cuidar e ter um pouco de vaidade, ela não precisa se vulgarizar para se tornar linda. Não mentir sobre as informações e usar fotos de boa qualidade, agilizam a aprovação.  Os perfis devem estar de acordo com os termos de uso do site, e as informações precisam ser coerentes e verdadeiras. Quando necessário, solicitamos um documento de identificação com foto, para evitar menores de idade e até mesmo perfis fakes” ponderou.

(Luana Bezerra, CEO do Universo Sugar)
loading ...