No 28 de Agosto o aparelho de tomografia está no “prego”

Se os pacientes que se encontram internados no Pronto Socorro e Hospital 28 de Agosto precisarem fazer uma tomografia ou ressonância magnética, tem que deixar a unidade hospitalar e procurar clínicas particulares. Se um médico receitar um ou outro exame, o paciente que tem que se virar, pois no maior pronto socorro do estado não tem maquinário de reserva e a consequência disso é o total desmando com a saúde pública.

Resposta da Secretaria de Saúde do Estado

A direção do Hospital e Pronto-Socorro esclarece que o tomógrafo da unidade está passando por manutenção para ser reinstalado junto com um novo equipamento, mas que para isso, há necessidade de fazer adequações físicas e elétricas na sala de exame. Como se trata de exame que emite radiação, o processo de isolamento (baritagem) da sala não é simples e exige tempo. Enquanto os aparelhos ainda não estão instalados, os pacientes do 28 de Agosto que necessitam desse atendimento, estão sendo removidos em ambulâncias próprias da unidade, para realização da tomografia em outras unidades da rede estadual, como o hospital Adriano Jorge, que fica próximo ao HPS. Ninguém está ficando sem atendimento e nem precisando recorrer a clínicas.