Oposição consegue assinaturas para abrir CPI contra Amazonino por contratos irregulares

Manaus – Na manha desta quarta-feira (11), após semanas de incertezas, a  bancada oposicionista ao governador e pré-candidato à reeleição Amazonino Mendes (PDT), na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), conseguiu oito assinaturas para abrir uma Comissao Parlamentar de Inquérito (CPI).

A CPI vai investigar os contratos firmados pelo governo sem licitação. O Governo do Amazonas pediu dispensas de 301 contratos sem licitação, avaliados em R$ 289 milhões.

A oitava assinatura veio da base de apoio da pré-candidatura do presidente da ALE-AM, David Almeida (PSB). Platiny Soares saiu de cima do muro e decidiu apoiar a proposta apresentada pelo deputado Sabá Reis (PR).

Compartilhe